Reza a lenda que é praticamente impossível acabar de vez com o cabelo com frizz, mas… é possível melhorar (e muito!), sim, a situação desses fiozinhos que insistem em aparecer. Se você está louca para saber como, confira as 10 dicas a seguir. E lembre-se: se você ama o frizz, não tem problema nenhum, ok?! Muitas pessoas gostam desses “danadinhos” e tem mais é que valorizá-los mesmo.

1 – Secagem do cabelo

Sabe aquela toalha comum que você usa para tirar o excesso de umidade da raiz? Que tal trocá-la por tecidos de algodão ou até papéis toalha (de cozinha mesmo)? Ajuda super a resolver esse “problema” já que aquele esfrega-esfrega com o tecido comum é um dos maiores responsáveis pela quebra dos cabelos e aumento do frizz.

2 – Leite de coco já

Já pensou adicionar o leite de coco nas suas hidratações? Se ainda não, é hora de pensar. Acrescente uma colherzinha na máscara e pronto. Depois, é só perceber a diferença no resultado.

3 – A escolha do shampoo

Evite o uso frequente de shampoos feitos com sulfato. Esse componente, normalmente, resseca as madeixas e causa o aparecimento de frizz. Por isso, diminua seu uso e dê preferência a shampoos liberados (sem essa e outras composições, como: silicone, petrolato, parabenos, óleo mineral, entre outros).

4 – O pente ideal

Se você tem uma escova de plástico, está na hora de aposentá-la. O mais indicado é usar sempre o pente de madeira. Afinal, a madeira evita a eletrização dos fios, diminui o frizz e a quebra do cabelo. Dica: prefira pentes de dentes largos, pois eles mantêm a estrutura natural dos cachos. Ah, e nunca penteie as madeixas secas, certo?

5 – A temperatura da água

A água muito quente é inimiga número 1 de qualquer tipo de fio. Isso porque além de ressecá-los, aumenta muito os arrepiadinhos. Sempre que for lavar as madeixas, prefira água morna ou fria.

6 – Adote o cronograma capilar

Para quem não sabe, o cronograma capilar é composto pelas etapas de hidratação, nutrição e reconstrução. Ele é responsável por devolver água, lipídeos e queratina as madeixas. Quando feito direitinho, o cronograma manda o frizz para bem longe. Não deixe de investir – ele será seu melhor amigo.

7 – Faça o último enxágue com água gelada

Essa dica está totalmente ligada a número 5. Lavou os cabelos com água morna? Faça então aquele último enxágue com água gelada. Ela funciona como uma espécie de “selante” dos fios.

8 – Vinagre de maçã

Pode parecer estranho, mas o vinagre de maçã sela as cutículas, diminui o frizz e deixa o cabelo mais brilhante. Coloque uma colher de vinagre em 500ml de água, e depois que já tiver condicionado os fios, aplique o vinagre de maçã e não enxágue.

9 – Cetim sempre

Outro super amigo de quem detesta o frizz é o clássico e famoso cetim. Além de não tirar a oleosidade natural dos fios, ainda ajuda a manter os cachos mais definidos no dia seguinte. Ou seja, invista em uma fronha e touca de cetim.

10 – Finalizações

As finalizações também contribuem muito para molinhas mais definidas e, consequentemente, sem frizz. Fitagem, dedoliss, twist, bigudinho, entre outras, podem e devem ser feitas frequentemente com aquele creme para pentear (ou ativador de cachos) que você tanto ama.

Mais sobre cabelo com frizz

Quer saber mais sobre o assunto? Confira esse vídeo da Digital Influencer Paula Stephânia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *