As franjas fazem muita diferença em qualquer corte de cabelo, mas elas costumam dividir opiniões: há quem as ame e há também quem não goste.

Se você é do time que se identifica com esse estilo e está vivendo a transição capilar, separamos algumas dicas para te ajudar a acertar no corte. Confira!

Franjas na transição pode?

Durante a transição capilar, você poderá ter que lidar com as franjas em três situações:

  • Se você já tinha franja antes de resolver abandonar os alisamentos com química;
  • Se você precisar cortar uma franja para eliminar a parte alisada dos fios;
  • Se você decidir cortar a franja porque gosta do visual.

Saiba que não existe nenhuma regra que te impeça de ter uma franja durante a transição, mas, assim como existem cortes de cabelo para rosto redondo ou quadrado, por exemplo, também existem alguns modelos de franja mais indicados para quem tem que lidar com duas ou mais texturas. Você precisará levar em consideração que, devido à sua raiz natural, alguns tipos de franja, como as mais curtas e as de base reta, não são muito indicadas, já que podem ficar desalinhadas.

Franjas: quais os melhores modelos para quem está em transição?

Mas, afinal, quais as franjas mais indicadas para mulheres que estão voltando aos cachos ou crespos?

As franjas com as pontas desconectadas são a primeira opção para as mulheres que estão vivendo a transição capilar. Esse modelo combina com todos os formatos de rosto e, como suas pontas não ficam alinhadas, ele ajuda a disfarçar o efeito desalinhado que ocorre por causa da raiz.

Outra possibilidade são as franjas do tipo cortininha. Esse é um modelo de franja desfiada em camadas, que combina com todos os tipos de cabelo.

Já a franja longa é um dos modelos mais indicados para quem está em transição. Ela não demanda muita manutenção, combina com todos os tipos de rosto e ajuda a suavizar os rostos com um formato mais redondo.

Lembre-se sempre de que o ideal, quando se trata de cortes para cabelo cacheados, é que sejam feitos com os fios secos, para evitar que o cabelo seja cortado além do necessário.

A vantagem de todos esses modelos de franjas é que elas ficam ótimas com qualquer corte de cabelo, principalmente o cabelo repicado.

 

cabelos crespos com franja

cabelos crespos com franja

cabelos crespos com franja

Franjas: como lidar com elas na transição?

A primeira dica para lidar com as franjas na transição é caprichar na texturização dos fios. Durante esse período, é comum que haja um contraste entre as pontas alisadas e a raiz cacheada ou crespa, e esse contraste fica mais evidente na franja, já que os fios são mais curtos. Para lidar com essa diferença, teste várias técnicas de texturização e escolha aquela que oferece o efeito de que você mais gosta. Dedoliss, twists, coquinhos e tranças são algumas opções.

Outra dica é escolher produtos finalizadores mais consistentes, como a gelatina capilar. Isso ajuda na fixação dos cachos e faz com que eles fiquem modelados por mais tempo.

Franjas: conte com um bom profissional

Além de escolher entre todas as opções de franjas, é importante que você escolha também um bom profissional para cortar suas madeixas. De acordo com o que você deseja para seus fios, o cabeleireiro poderá indicar o melhor estilo e saberá qual é a técnica mais indicada para cortar sua franja e deixá-la do jeitinho que você quer.

Curtiu as dicas? Se você é adepta das franjas e está vivendo a transição capilar, com essas informações você tem tudo para arrasar com o novo visual!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *