Californianas são mechas muito pedidas nos salões. A técnica proporciona um efeito de fios naturalmente queimados pelo sol e dá um aspecto mais iluminado ao visual, por isso, está entre as preferidas de muitas mulheres. Confira algumas dicas para cuidar dos fios antes e depois do procedimento!

Californianas: principais características da técnica

Para quem tem dúvidas, as californianas têm esse nome porque são uma técnica inspirada nas surfistas da Califórnia, que, devido à exposição aos raios solares e ao contato frequente com a água do mar, têm as pontas dos cabelos naturalmente mais claras.

Diferentemente do ombré hair, as californianas se caracterizam por ter fios mais claros a partir do meio da cabeça, começando por um tom mais escuro e clareando gradualmente até as pontas. Para as donas de cabelos loiros naturais, o indicado é começar com um tom de loiro escuro, que pode chegar ao platinado nas pontas. Já para quem tem os fios castanhos, as californianas podem ser feitas em tons de mel, cobre ou caramelo.

As mechas californianas são uma técnica que deve ser feita por um profissional especializado, já que o processo envolve a descoloração dos fios. Um bom cabeleireiro poderá indicar as melhores tonalidades para o seu cabelo e fazer o procedimento de forma correta e segura.

Californianas: como preparar os fios para o melhor resultado de cor

Assim como outros procedimentos à base de química, para que o resultado das californianas fique da forma que você deseja, é importantíssimo que seus cabelos estejam saudáveis e fortes. Durante o procedimento, os fios podem perder água, lipídios, queratina e outros nutrientes fundamentais, por isso, invista em tratamentos para fortalecer a fibra capilar.

O cronograma capilar, conhecido pela maioria das cacheadas e crespas, é uma excelente forma de tratar os fios antes dessa mudança de visual. A hidratação, a nutrição e a reconstrução serão responsáveis por devolver ao cabelo todos os nutrientes imprescindíveis para sua saúde e boa aparência.

Seguindo essa agenda de cuidados, você se certifica de que terá o melhor resultado de cor, com pontas bem hidratadas e aspecto saudável, mesmo após a descoloração.

Californianas: como fazer a manutenção dos fios?

Para que suas californianas estejam sempre bonitas é necessário que você realize manutenções constantes. Além de visitar o cabeleireiro com regularidade, será necessário o uso de bons produtos matizadores periodicamente, para desamarelar os fios e eliminar possíveis reflexos indesejados. Além disso, utilize shampoo e condicionador desenvolvidos para cabelos quimicamente tratados e dê preferência a produtos que ofereçam proteção UV, para evitar a oxidação dos fios.

Além dos cuidados com a cor, certifique-se de manter os fios sempre hidratados. Isso evita aquela indesejada aparência quebradiça e ressecada nas pontas.

Californianas: o corte de cabelo é fundamental

Para dar mais destaque às mechas californianas e à textura dos seus fios, uma dica é escolher um corte que dê mais movimento aos cabelos. Afinal, não adianta caprichar na coloração se os fios estiverem sem corte.

Modelos com as pontas desconectadas, repicadas ou em camadas, são excelentes opções!

Californianas: principais cuidados para quem está em transição

Para quem está passando pela transição capilar, a principal dica é esperar essa fase acabar antes de submeter os fios a um procedimento como as californianas.

O cabelo, durante a transição, já está fragilizado devido às químicas utilizadas no passado e às duas texturas presentes nos fios. Por isso, não é uma boa escolha realizar mais um processo à base de químicas capilares.

Planeje suas mudanças com calma. Primeiro, finalize sua transição, acostume-se com os novos cachos ou crespos e fortaleça as madeixas seguindo o cronograma capilar. Somente depois que essa fase estiver finalizada, converse com o seu cabeleireiro de confiança para planejar as suas mechas californianas.

Vai apostar nas californianas? Siga nossas dicas e arrase!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *